Marque um atendimento e solicite uma proposta de honorários!

×

Fale conosco

Marque um atendimento e solicite uma proposta de honorários!

Institucional

A LOGO

A origem da logo remete à pena de Ma’at, símbolo da cultura egípcia que, além de representar a própria deusa Ma’at, era o hieróglifo que significava justiça, ordem e equilíbrio. Há quem diga que este símbolo seja o mais antigo símbolo da linguagem humana para a representação do conceito de justiça.

A deusa Ma’at era para a cultura egípcia a deusa da moralidade, ordem e justiça e carregava em sua coroa o adorno de uma pena de avestruz. Era a deusa que preservava o equilíbrio do universo, da natureza e tinha função considerável no julgamento das almas para a vida eterna. Sua pena, particularmente, tinha uma importância singular para os mortais, pois no julgamento final na frente de Anúbis, o deus da morte, era contra ela que o coração de cada um era pesado numa balança, que também veio a ser símbolo de justiça, definindo o destino da alma daquele mortal.

Se houvesse equilíbrio entre o peso dos dois, era concedida à alma a vida eterna no submundo. No entanto, se o coração pesasse mais do que a pluma sagrada de Ma’at, a alma seria devorada por Ammit, que era a personificação da retribuição divina pelos males praticados em vida, e deixaria de existir.

a-logo